Chás abortivos: veja chás que as grávidas não podem tomar

Algumas opções podem diminuir a absorção de nutrientes e até mesmo provocar aborto

Seja para aliviar um mal-estar estomacal, aquecer em períodos de baixas temperaturas e até mesmo prevenir o envelhecimento precoce, é bem verdade que os chás proporcionam diferentes benefícios à saúde.

No entanto, durante o período de gestação, alguns tipos de ervas e sabores podem ser prejudiciais para a saúde da gestante e do bebê, já que alguns chás podem ser abortivos.

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

De acordo com a nutricionista materno infantil Alexandra Marinho, alguns tipos de chás podem fazer com que a gestante tenha um déficit de vitaminas, como o chá de hortelã. Da mesma forma, outros tipos podem aumentar o risco de aborto espontâneo, como o chá de canela.

"Estudos feitos por cientistas nos Estados Unidos indicam que gestantes que consumiram uma quantidade grande de canela tiveram filhos que apresentaram déficit de atenção, hiperatividade e comportamento agressivo", ressalta Alexandra.

Veja a seguir os tipos de chás que as gestantes não podem consumir:

Chá de boldo

Foto: shutterstock/ Vinicius Bacarin
Foto: shutterstock/ Vinicius Bacarin

O chá de boldo conta com uma substância denominada ascaridol, um vermífugo natural. No entanto, pode causar aborto caso seja consumido durante a gestação. Sendo assim, Alexandra ressalta que gestantes não podem consumir esse tipo de chá durante a gestação.

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

Chá de canela

Foto: shutterstock/Evgeniya369
Foto: shutterstock/Evgeniya369

De acordo com nutricionista, a canela também poderia provocar efeitos abortivos, devido ao aumento das contrações musculares, que podem afetar a área uterina e aumentando a pressão arterial.

Chá de hortelã

Foto: shutterstock/KRIACHKO OLEKSII
Foto: shutterstock/KRIACHKO OLEKSII

Por ser diurético, pode acabar fazendo com que a gestante tenha um déficit em vitaminas e principalmente em minerais, além de diminuir a produção do leite materno.

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

Chá mate, preto e verde

Foto: shutterstock/5PH
Foto: shutterstock/5PH

São tipos de chás que têm uma boa quantidade de cafeína que não é indicada para gravidez. "Costumo deixar em média apenas 50 ml de café preto/dia no cardápio da gestante, quando ela já tem o costume de ingerir", explica Alexandra.

Chá de hibisco

Foto: shutterstock/Rose.mary
Foto: shutterstock/Rose.mary

De acordo com Alexandra, o chá de hibisco também conta com substâncias diuréticas e, assim como o chá de hortelã, pode causar perda de vitaminas e sais minerais.

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

Existem chás que podem ser consumidos na gravidez?

A nutricionista materno infantil Alexandra conta que mesmo que alguns tipos de chá sejam prejudiciais para a gestante, existem algumas ervas que podem ser consumidas e inclusive podem fazer bem para a grávida. Ela indica opções como chá de camomila, capim santo e erva cidreira, esse último, inclusive, ajuda a aliviar transtornos gastrointestinais e enjoos na gravidez.

Quem não se identifica muito com os chás pode recorrer ao leite vegetal. A opção é rica em cálcio, nutriente importante para a gestante e o bebê. "Costumo orientar as mulheres a apostar na variedade do paladar. Assim, quando o bebê nascer e começar a introdução alimentar, ele tenderá a aceitar com mais facilidade os sabores e texturas oferecidos. Isso porque o paladar do bebê começa a ser formado no útero", finaliza.